Exposição de Leonardo da Vinci

Alunos conhecem história de artista renascentista


Os alunos do 8° ano visitaram a exposição Da Vinci Experience e suas invenções, no Pavilhão de Culturas Brasileiras do parque Ibirapuera. A saída pedagógica teve como objetivo complementar o estudo do Renascimento italiano no componente História. 

Leonardo Da Vinci (1452-1519), além de pintor e escultor italiano, foi cientista, matemático, engenheiro, anatomista, botânico, músico e poeta. Entretanto, o que o tornou conhecido mundialmente foram suas pinturas. Sua mostra compõe exposições realizadas em várias cidades pelo mundo, em comemoração aos 500 anos de sua morte, e enfatiza, de forma interativa e inovadora, as invenções imaginadas pelo humanista italiano, as quais muitas se materializaram nos séculos subsequentes ao seu falecimento.

O professor de História, Victor Santos Vigneron, explicou que a proposta pedagógica da saída era aproveitar a oportunidade das festividades dos 500 anos de Leonardo Da Vinci, e relaciona-la com o currículo que os alunos estão estudando, de forma que observassem o aspecto mais cientista do artista.

A visita foi inicialmente guiada por monitores que explicaram de forma interativa e lúdica sobre as obras expostas e seu contexto histórico. Posteriormente, foi realizada uma roda de conversa referente à forma de criação de Da Vinci. Nessa, os alunos identificaram algumas características da escola renascentista ainda fundamentais para o nosso conhecimento do mundo, e comentaram que muitas das representações artísticas simbolizavam idealizações e não as realidades de seus autores.

Ricardo Curi, do 8°B, afirmou ter ficado muito surpreso com a exposição. “Achei que teria apenas o quadro Mona lisa e fotos de suas outras obras e invenções. Eu não imaginava que iriam replicar de forma tão realista tudo isso. Da forma como foi exposto, consegui observar melhor a maneira como o artista pensava”, completou o aluno.

Por fim, os estudantes farão em sala de aula algumas atividades que envolvam a revolução científica do renascimento. Escolherão um cientista além de Da Vinci, como Galileu Galilei, Nicolau Copérnico ou outros, e produzirão um podcast de divulgação científica.