HOME  |  CONTATO  |  LC Online  |  NOTÍCIAS Social Moodle Social Facebook Social Twitter Social Linkedin Social Issuu Social Youtube

 



Professores recebem capacitação para leitura de imagens em curso do NIDP

12/04/2017

Para fomentar o espírito de aprendizagem continuada em todos os colaboradores da Lourenço Castanho, o NIDP (Núcleo de Inovação e Desenvolvimento Profissional) oferece cursos diversos para capacitá-los nas mais variadas áreas. No dia 12 de abril, o assunto tratado foi: Leitura de Imagem e o Desenvolvimento do Olhar.

A ideia do conteúdo apresentado sobre Leitura de Imagem é dar uma capacitação a mais para os professores, para que possam se contextualizar num assunto e melhor abordá-lo com os alunos. “O curso tem como objetivo ser um exemplo do tipo de encaminhamento que o professor pode fazer em sala de aula. Sobre o conteúdo, vamos nos basear em uma linguagem da História da Arte, mas ela é aplicável em qualquer área”, explica Fabiana Queirolo, coordenadora de Artes da Lourenço Castanho.

O curso começou com um bate-papo breve entre os participantes, para compartilharem o que despertou a vontade de fazer a oficina e o que utilizavam de leitura de imagem em sala de aula. “Sinto que estou tentando encontrar uma melhor abordagem para aplicar com os alunos e, quando o curso chega, com alguém da área de Artes, dá um pouco mais de segurança para trilhar nesse caminho”, diz Camila Flessati, professora de Língua Portuguesa.

Posteriormente, foi apresentada a pintura “Perspicácia” do artista surrealista, René Magritte, porém, de uma forma alterada do original: primeiro sem a ave, depois com. Isso foi feito para que houvesse questionamentos sobre o que estaria sendo retratado na área alterada, para que, assim, iniciasse um processo de desenvolvimento da leitura de imagem para ser discutido.

Utilizando a pintura como base, foram apresentados pontos que colaboram na compreensão da imagem, como: legendas, informações externas, descrição formal, construção narrativa, comparação de imagens etc.

Apresentado o conteúdo, os professores foram convidados a se dividirem em grupos para, juntos, debaterem a imagem e responderem as seguintes questões: o que essa obra nos conta? Como ela se dirige a você? Como ela se relaciona com o próprio contexto de produção? De que modo ela dialoga conosco, atualizando cada linha do olhar?

Muitas foram as interpretações compartilhadas sobre a obra de Magritte (profundidade da pintura, interpretações da mensagem que o pintor retratou, contextos adquiridos etc.). Com essas reflexões, foi concluído o processo que era fazer o participante ver de onde começou a leitura, se contextualizar no assunto da imagem e perceber até onde chegou com análise, fazendo com que entendesse os processos realizados para alcançar os resultados e, assim, melhor se adequar quando aplicado em sala de aula.

 


 

 

 

Facebook Twitter Linkedin Issuu Youtube