fbpx

6°s anos entrevistam especialistas

A vivência faz parte do Projeto Integrador de Série


Durante a última semana de setembro, os alunos do 6° ano entraram em contato com especialistas nos temas desmatamento, lixo, falta de água potável, consumo excessivo de plástico, fome e mau uso dos rios. O contato teve como objetivo compilar as últimas informações que comporão o trabalho produzido no Projeto Integrador de Série.

O Projeto tem como questão mobilizadora “Como eu me relaciono com os problemas do mundo?”. Além das aulas expositivas e contextualizações, o grupo fez estudos de campo que apontaram diversas problemáticas, tanto dentro da cidade de São Paulo quanto fora.

Cada um dos grupos teve que se aprofundar em um dos problemas estudados. O material produzido pelos alunos será apresentado na Mostra Cultural, que acontecerá no final do mês de outubro.

Na reta final das produções, os alunos entrevistaram especialistas nos problemas os quais abordarão em seus trabalhos. O Projeto de Série tem caráter multidisciplinar, mas, nessa etapa, contou principalmente com Projetos e Língua Portuguesa.

O professor Leonardo Teixeira, do componente curricular de Língua Portuguesa, trabalhou com os alunos o gênero entrevista. Os alunos foram orientados pelo professor desde a elaboração das perguntas até a transcrição do áudio da entrevista. Leonardo ressalta que trabalhos como esse esclarecem que as áreas do conhecimento não caminham sozinhas.

“As disciplinas se conversam, interagem e se complementam. O Projeto de Série é complexo, ele não se resolve baseado em apenas um componente”.

As entrevistas tinham como objetivo que os alunos pudessem exercer o seu protagonismo, elaborar as perguntas e receber as informações para a conclusão do trabalho.

Além disso a vivência abarcou também questões de letramento digital. Grande parte das entrevistas foi feita através dos programas Skype e Hangouts. “As crianças puderam vivenciar um novo uso dos aplicativos e é isso que a Tecnologia Educacional propõe: o uso de aplicativos que eles já dominam, só que em contexto acadêmico”, disse Tatiana Mendes, professora de tecnologia educacional.

Tatiana ainda acrescenta que as entrevistas feitas pelos alunos foram muito proveitosas. Desde a elaboração das perguntas, os alunos estavam extremamente engajados com o projeto e isso gerou um bom panorama de informações.

O aluno Vitor Vivona, do 6° ano B, disse que o contato com os especialistas ajudou a sanar as dúvidas restantes sobre os temas estudados. “Conseguimos fazer todas as nossas perguntas e o especialista respondeu exatamente o que precisávamos”. O grupo do aluno está trabalhando com a temática “lixo”, com as seguintes questões disparadoras “Para onde vai o lixo que produzimos? Qual o impacto disso no ambiente?”. O especialista entrevistado por eles foi Erich Burger, Diretor de Desenvolvimento de Negócios da empresa Recicleiros.

Já o grupo de Maurice Saad, aluno também do 6° ano B, entrevistou Sara Monise, Doutora em Ciências pela Universidade de São Carlos. A questão debatida pelo grupo é a poluição dos rios, através da pergunta: “Como a poluição do rio Tietê afeta a cidade de São Paulo?” Maurice comentou que a oportunidade de conversar diretamente com a especialista propõe uma experiência muito melhor para o trabalho: “Eu acho que foi muito mais rico conversar com a especialista diretamente do que simplesmente pesquisar sobre o assunto.”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *