fbpx

Alunos visitam lar de permanência de idosos Filhas de São Camilo

Alunos do NUPS se emocionam ao conversar com as senhoras do lar de idosos


Na tarde desta quinta-feira, 3 de Outubro, os alunos do NUPS do Ensino Fundamental II visitaram o lar de permanência de idosos filhas de São Camilo, localizado na Zona Norte. Esta é a segunda visita ao lar neste ano. O professor de espanhol e coordenador do NUPS, Juan Carlos, conta que, desta vez, os alunos interagiram mais com as senhoras. O objetivo da vivência é enxergar as dificuldades em decorrência da diferença de idade. O questionamento proposto por ele foi “De que forma posso contribuir com os idosos?”.
Os alunos fizeram uma apresentação musical, o que os ajudou a criar um vínculo com as idosas, já que cantaram junto com elas. Neste encontro, as senhoras também ensaiaram para cantar músicas para os jovens, o que proporcionou um ambiente agradável e comovente.

Esta foi primeira vez que a aluna Lara Cervone Neggar, do 8° B, participou da atividade. Comentou que se emocionou ao perceber o quanto aquela ação era importante e fazia as senhoras se sentirem especiais. “É inexplicável o que senti”. Carolina Antunes de Paula Lima, do 6°A, conta que também foi a primeira vez em que esteve presente e por isso se comoveu bastante. “Estava feliz, porque elas estavam felizes”. Dona Dirce Esteves Sampaio, uma das senhoras que mora no lar, compartilhou que gostou da presença de vários adolescentes na casa. “Eu fiquei emocionada quando eles cantaram para a gente, a tarde parece que ficou mais alegre”.

Logo após as apresentações, todos fizeram uma confraternização. Os alunos serviram lanches, sucos e bolos para as senhoras e nesse momento aproveitaram para conhece-las melhor. As idosas, por sua vez, se empolgaram por compartilhar suas experiências de vida e contar suas histórias e até comparar os alunos com seus netos.

Para finalizar, o professor Juan diz que é importante essa troca entre gerações, ela promove uma leitura de vida de diferentes pontos de vista. Quando se despediram das senhoras, alguns alunos se sensibilizaram. Ao retornarem para a escola, conversaram sobre suas experiências referentes à ação do dia.