Infantil 2 conhece o “Planeta Inseto”

Saída pedagógica teve como foco ampliar o conhecimento sobre as formigas


Os alunos do Infantil 2 visitaram, no último dia 12, o museu do Instituto Biológico “Planeta Inseto”. O objetivo da vivência no espaço era abordar o tema formigas. A saída faz parte do Projeto Integrador de Série “Não pisa, é formiga!”.

A Professora Talita Rodrigues Giovanini relatou que a temática foi escolhida considerando a curiosidade das próprias crianças.

A partir disso, ela abordou o assunto de diversas formas. Antes da vivência, houve observações do comportamento dos animais no habitat, no ambiente externo da Escola. Os alunos puderam ver ilustrações e fizeram uma análise das partes que compõem o corpo do animal.

Os estudantes levantaram muitas hipóteses sobre a organização das formigas e como viviam dentro do formigueiro. Para ilustrar essa hierarquia, Talita apresentou a eles o documentário “O mundo secreto das formigas”.

Fomentando ainda mais as hipóteses das crianças, a professora sugeriu que trouxessem alimentos que, na concepção deles, fizessem parte dos hábitos alimentares dos insetos.

A fim de proporcionar uma vivência mais próxima do objeto de estudo, o Museu do Instituto Biológico, “Planeta Inseto”, foi escolhido como destino para a saída pedagógica.

Em um primeiro momento, a monitora, que os acompanhou durante toda a visita, explicou que há algumas características específicas que enquadram um animal como inseto. Primeiro, o número de patas, que deve ser seis. Depois, a presença de um corpo dividido em 3 partes: cabeça, tórax e abdômen. E, por fim, as antenas na região da cabeça.

Os alunos puderam tocar os mais diferentes bichos, como o bicho pau, a barata de Madagascar e besouros. Ilustrando o foco do trabalho, puderam ver de perto um formigueiro, que é mantido em potes de acrílico para permitir a visualização dos pequenos túneis que o constituem.

Talita conclui que a saída materializa todo o aprendizado visto em sala. “Na Escola, nós procuramos as mais diversas formas de apresentação do conteúdo. Dentro desse ambiente, eles constroem as informações lúdica e visualmente e, no espaço que visitamos, eles podem ter uma experiência concreta do tema”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *