Visita ao Instituto Gustavo Rosa

Infantil 3 tem sequência didática sobre as obras de Gustavo Rosa


Nos dias 22 e 23 de agosto, os alunos do Infantil 3 visitaram o instituto Gustavo Rosa, localizado no Jardim Europa. O Instituto abriga um grande número de obras do artista.

Durante as aulas que antecederam a saída, a Professora Camila Marani trabalhou com os alunos o livro “O Mundo é Redondo e a vida é Cor de Rosa”, que possui ilustrações de Gustavo Rosa. Nesse trabalho, os alunos puderam conhecer um pouco dos traços que o artista utilizava para compor seus quadros.

Dentro desse universo, as professoras disponibilizaram alguns recortes dos principais personagens que compõem as obras e sugeriram aos alunos que criassem um fundo para os elementos.

A Professora auxiliar da classe, Maria Vitória Cayres, explica que a atividade vai além de apenas apresentar o conceito que as obras carregam. “Um dos objetivos mais importantes é que os alunos possam se projetar como artistas ao poder produzir sua própria obra”.

Para ilustrar o estudo, a Escola promoveu uma imersão no universo de Gustavo com a visita ao Instituto. No espaço, os alunos foram recebidos por Roberto Rosa, irmão do artista e Renaty Lima, uma das colaboradoras da instituição.

Renaty introduziu os alunos às diversas fases de produção do artista plástico, os retratos, a representação da natureza morta, o uso de cores mais vivas, esculturas e obras compostas por recortes.

Durante todo o percurso dos alunos por entre as obras, puderam ter um contato mais próximo com as esculturas, ver mais de perto as texturas que compõem uma obra de arte e até mesmo dar um novo significado para as exposições na última atividade, promovida na saída.

Foram disponibilizadas reproduções dos desenhos em branco para que as crianças escolhessem as cores e pudessem fazer sua própria versão delas.

Esse tipo de vivência artística fomenta a curiosidade e promove uma identificação das crianças com as artes, como disse Camila: “Os alunos terem contato com um artista e poderem visitar um espaço como esse, que tem grande parte do seu legado, é muito significativo, amplia seus repertórios e aproxima as crianças desse universo artístico como um todo”.

Ela ainda conta que os alunos farão uma atividade baseada na obra “O Cachorro e o Osso”, utilizando formas geométricas para propor uma releitura do quadro.