Stanford University publica livro com projetos da Lourenço Castanho

Projetos de Tecnologia Educacional da Lourenço são referência em livro sobre o Movimento Maker


A Lourenço Castanho participa, todos os anos, de eventos nacionais e internacionais, cujo propósito é compartilhar projetos considerados inovadores na área educacional, trabalhos desenvolvidos por nossos alunos nos vários componentes curriculares.

Após a participação dos nossos educadores no FabLearn 2016, realizado em Stanford, EUA, os professores de Tecnologia Educacional, Rodrigo Lemonica e Luiza Regina Fernandes, juntamente com a Diretora de Currículo, Fabia Antunes, foram convidados pelo coorganizador do evento, Flávio Rodrigues Campos, a participar do livro “Inovações Radicais na Educação Brasileira” que faz parte da série “Tecnologia e Inovação na Educação Brasileira”, idealizada pelo professor associado à Columbia University, Paulo Blikstein.

O projeto convidado foi o “Empreendedores da Sustentabilidade”, que é dividido em duas etapas. A primeira parte foi o “Cata-chuva”, que tinha como objetivo construir uma cisterna com os alunos dos 8°s anos. Na época em que foi desenvolvido, São Paulo enfrentava uma crise hídrica e esse era um tema muito debatido em sala de aula.

A segunda parte foi intitulada “Cata-Sol” e realizou-se com os jovens dos 9°s anos. Após uma conversa, decidiram produzir placas fotovoltaicas para serem instaladas no telhado da Escola, visando a uma economia nas contas de energia da instituição.

O professor Rodrigo relembra que este era o segundo ano de funcionamento do nosso ‘Espaço Maker’, conhecido pelos alunos como Laboratórios de Criação, e que esse projeto obteve sucesso, sendo um dos mais apresentados em Congressos fora da Escola.

Outra conquista foi poder ultrapassar os muros da Escola, como explica: “Era muito legal ver que um aluno do 8° ano falava para o pai sobre o projeto e que queria implementar em sua casa da praia, demonstrando que colocaria em prática o que tinha aprendido. Para nós, transpôs os muros da escola”.

O livro é dividido em três partes: Fundamentos, Escolas Inovadoras e Experiências Inovadoras de Docentes. O capítulo escrito pelos nossos educadores se encontra na terceira parte.

A professora Regina Fernandes compartilhou que ficou muito contente com o resultado. “Uma experiência muito bacana, pois ficou um registro do nosso esforço, da Escola e dos alunos, um trabalho em equipe”.

Lemonica também compartilhou que ele e Regina participam do “Movimento Maker” no Brasil desde o seu início. “É muito gratificante estar nessa obra, porque fazemos parte do Maker desde quando engatinhava no nosso país. É o reconhecimento de um trabalho que é feito pela Escola, pelos alunos, por mim e por todos os colegas da Tecnologia Educacional”.

“Termos projetos publicados em um livro organizado pelas Universidades de Stanford e de Columbia não é pouca coisa. Sempre fizemos questão de compartilhar com educadores de toda parte o que trabalhamos aqui, já que a Lourenço Castanho é referência nesse tema. Esse reconhecimento comprova nossa qualidade”, finaliza Rodrigo.

O lançamento do livro será na quarta-feira, 7 de agosto, às 19h, na Livraria da Vila, localizada na Alameda Lorena, 1731.