fbpx

Reunião Semestral do VIA – Ensino Fundamental II

Produção do semestre é apresentada aos pais por professores e alunos

Na quarta-feira, dia 12/6, os pais compareceram à reunião de conclusão do semestre do programa de Vivências Interculturais Ampliadas (VIA) do Ensino Fundamental II. Nesta reunião, além de ser reapresentado o currículo do projeto, os alunos expuseram para seus familiares os trabalhos desenvolvidos.

O VIA proporciona uma diversidade de temas nos seus cursos, com um ambiente preparado para cada vivência e todo desenvolvido na língua inglesa. As atividades são organizadas em dois eixos: Language Arts e Nature & Society.

No eixo de Language Arts são abordados conteúdos relacionados a literatura, estimulando a confiança e a expressão autoral do aluno. Os cursos encontrados nesse eixo são: Book Club, Design Thinking e Music & Drama.

O segundo eixo, Nature & Society, trata de dois focos diferentes. O primeiro visa promover contato com fundamentos dos métodos científicos das ciências naturais, desde a observação empírica até pesquisas laboratoriais. Cursos encontrados são: Ecosytems e Body and Perception. O outro ponto estimula uma reflexão sobre os conhecimentos científicos, focando nas partes histórica e social. Entre os cursos oferecidos, estão Biography and Narrative e Society in perspective.

Os alunos Marilia Moraes e Pedro Pacheco, 8°A, participaram do Body and Perception, comentaram que visitaram a Fundação Dorina Nowill para Cegos, andaram pelas ruas de cadeiras de rodas, tiveram contato com Libras e Braile e sobre a tecnologia acessível. “Foi uma experiência para sentirmos um pouco na pele o que eles passam”, disse Pedro.

Sobre ser desenvolvido na língua inglesa, Marilia falou que isso deixou o curso mais interessante. “Ter que se comunicar de uma maneira que não nos comunicamos normalmente, é um desafio maior, mas bem mais interessante. Saber que a hora que eu precisar, vou saber me virar”.

O pai da aluna Ana Beatriz Leyser, 7°C, Fernando Leyser, participou da reunião e compartilhou que visitou todos os trabalhos dos jovens e estava contente com o que tinha visto. “Muito interessante ver a desenvoltura deles falando inglês correntemente e usando isso para apresentar assuntos diversos”.