fbpx

Entendendo mais sobre os animais vertebrados

Alunos do 3º ano visitam Museu de Zoologia da USP.


Com o objetivo de aprofundar os conhecimentos obtidos em sala de aula, os alunos do 3º ano que estão estudando sobre animais vertebrados fizeram uma saída pedagógica ao Museu de zoologia da USP.

Durante a visita, observaram animais vertebrados, invertebrados, fósseis de todas as espécies, evolução da espécie humana, animais que estão ameaçados de extinção e o mais esperado: a réplica dos dinossauros.

Acompanhados por professoras e coordenação, tiveram o auxílio e a explicação de Vanessa Sakai, auxiliar administrativa, que também trabalha com atividades recreativas no Museu. Além de esclarecer as dúvidas dos alunos como, por exemplo, o que os dinossauros comiam, quem levava comida para eles e se eles brigavam, os alunos fizeram atividades em que deveriam observar fósseis e três características de um animal, para continuar a atividade em casa. “Em Ciências, nós trabalhamos muito isso: o observar, o levantamento de hipóteses”, conta a professora de Ciências, Denise Mandowsky.

Os estudantes puderam tocar em alguns animais, como o filhote de jacaré, bicho preguiça, penas de arara-azul e tatus. “Eu gostei de poder tocar nos animais. Alguns já estão sendo ameaçados de extinção, e eu nunca toquei neles, só agora”, afirma a aluna Carolina Ferraz, 8 anos, do 3º ano A.

O Museu de Zoologia da USP está localizado no bairro do Ipiranga. Ele recebe, aproximadamente, mil visitas por semana. Além de contar com coleções e exemplares importantes, o Museu também é centro de pesquisa, com foco em biodiversidade neotropical. Vanessa Sakai diz: “O Museu de Zoologia é diferente de um zoológico, de um parque. Você pode ver esses animais de perto, com discursos sobre biodiversidade”.