Conferência sobre Inovação Educacional no Havaí

Diretora de Currículo da Lourenço Castanho participa de conferência e apresenta NIDP.


A Diretora de Currículo da Lourenço Castanho, Fabia Antunes, participou do XXIV Congresso Internacional de Aprendizagem na University of Hawaii at Manoa (Universidade do Havaí), de 19 a 21 de julho. Além de assistir a palestras e participar de debates, Fabia apresentou ao público o Núcleo de Inovação e Desenvolvimento Profissional da Lourenço Castanho (NIDP).

A conferência possibilitou acompanhar tendências da educação e a aplicação de novos recursos digitais que estão sendo desenvolvidas em outros países, como: Estados Unidos, Austrália, México e China, além de proporcionar debates fomentados pelos pesquisadores presentes.

A Common Ground, grupo responsável por organizar a conferência, tem como objetivo promover novas comunidades de conhecimento, trazendo variadas reflexões. Eles também promovem mais de 20 conferências por ano em diversos lugares do mundo.

Na conferência, várias palestras trouxeram discussões sobre diferentes assuntos como, por exemplo, a palestra sobre a implementação de currículos por competência no Ensino Superior, apresentada por uma professora da Universidade do Havaí. Segundo Fabia Antunes, o projeto prevê algumas das etapas relacionadas à revitalização do currículo de um ensino tradicional para um voltado para o desenvolvimento de competências, já implementado na Escola Lourenço Castanho nos últimos cinco anos.

Em outro momento, houve discussões sobre currículo, levando em consideração o cuidado sobre a avaliação da aprendizagem. Para Fabia, é importante que haja avaliações ao longo do trimestre porque, assim, o professor analisa o percurso formativo, pautado nos indicadores de aprendizagem e sugere mudanças na sequência para retomar questões essenciais.

O diretor da Common Ground e professor do Departamento de Liderança, Organização e Política Educacional da University of Illinois (Universidade de Illinois), Bill Cope, abordou cinco teses relacionadas à educação do futuro, sugerindo que: não haverá diferença entre aprendizagem presencial e online; não haverá diferença entre instrução e avaliação e não haverá ranqueamentos. Bill Cope também acredita em educação social, ao invés de uma educação personalizada, e que, para ele, no futuro, quem fará seu próprio feedback serão os alunos.

Em uma palestra apresentada por um pesquisador da Baja Califórnia, México, foi destacada a questão sobre o uso de tecnologia na sala de aula e a relação dos alunos e professores na lida com o dispositivo móvel.

Representando a Escola Lourenço Castanho, Fabia Antunes participou da conferência sobre Inovação Educacional na modalidade pôster, apresentando ao público o NIDP. As pessoas interessadas tiraram suas dúvidas sobre o projeto que visa a instigar a formação continuada dos colaboradores da Escola.

“Os pesquisadores presentes ficaram interessados sobre a rubrica de avaliação do trabalho docente. A partir dos resultados nela obtidos, são pensadas as formações para o ano seguinte e o desenvolvimento individualizado de cada profissional”, comenta Fabia sobre curiosidades que surgiram ao longo de sua apresentação.

A conferência foi importante para acompanhar uma parcela da pesquisa em educação em diversos lugares do mundo.

“Acredito, como Diretora de Currículo, que é fundamental acompanhar diferentes grupos de pesquisa no Brasil e exterior”, afirma Fabia Antunes, sobre a importância em participar de conferências relacionadas à educação.