fbpx

NUPS em Heliópolis

Alunos visitam a comunidade e participam de atividades.


No dia 28 de setembro, os alunos do Ensino Médio que participam do Núcleo de Projetos Sociais da Lourenço Castanho (NUPS) realizaram um Intercâmbio Cultural-Social na comunidade de Heliópolis.

A história da comunidade e as dificuldades que os moradores passaram para conquistar aquele espaço foram apresentadas aos alunos. Atualmente, o bairro de Heliópolis conta com mais de 1 milhão m² e com mais de 200 mil habitantes.

O primeiro lugar que os alunos visitaram foi o CEU Professora Arlete Salles, construído por Ruy Ohtake, que engloba a Escola Municipal de Ensino Fundamental Campos Salles e o FabLab Livre SP. Os alunos conheceram o método de ensino utilizado, que é diferente de outras escolas tradicionais. Em 2007, as paredes das salas foram quebradas e tornaram-se grandes salões – como em uma escola portuguesa. A partir dessa iniciativa, os alunos não estudam em carteiras individuais, mas em mesas de grupos com até cinco alunos.

Outro lugar visitado foi o FabLab Livre SP, laboratório de tecnologia digital. O FabLab oferece diferentes tipos de cursos para as pessoas da comunidade (aulas de programação, marcenaria, costura, entre outros).

Em seguida, os alunos conheceram a Rádio Heliópolis, fundada em 1992, que tem como propósito noticiar principalmente acontecimentos de Heliópolis, dando sempre voz à comunidade. Os alunos tiveram a oportunidade de participar de um programa da rádio e contaram o que acharam da visita. “A primeira coisa que veio à nossa cabeça quando falaram em visitar o bairro de Heliópolis foi um pensamento negativo. Nós acabamos de visitar a escola Campos Salles, que tem uma infraestrutura incrível, e percebemos que não é nada daquilo que estávamos pensando”, afirma a aluna Clara Helena do Valle, da 2ª série A.

Por fim, os alunos visitaram a União de Núcleos, Associação dos Moradores de Heliópolis e Região (UNAS), onde conheceram os participantes do Projeto Compartilhando, que tem como objetivo conscientizar os jovens de Heliópolis sobre as consequências de consumir bebidas alcóolicas na adolescência.

Os alunos da Lourenço Castanho e do Projeto Compartilhando se apresentaram em uma grande roda e tiveram a oportunidade de conversar.

No final da visita, os jovens do projeto convidaram os alunos da Lourenço Castanho para uma festa que é realizada no final do mês, em que não há presença de bebidas alcóolicas.

O estagiário de Ciências Humanas, Rodrigo Falcão, que acompanhou os alunos, conta da importância da visita: “É uma forma de você ter novas experiências, e de formar uma opinião mais fundamentada. Essa experiência de ir até o local e reconhecer as pessoas é fundamental para nos entendermos como sociedade”.