fbpx

Professores do EJA conquistam 1º lugar em premiação do SENAC

Projeto de APP que conecta professores vence Empreenda-Senac.


O projeto de aplicativo para professores QAula foi o vencedor na categoria graduação da décima edição do Empreenda 2017, competição de Empreendedorismo e Inovação promovida anualmente pelo Senac e aberta a todos os alunos dos cursos Técnicos, do Programa de Educação para o Trabalho (PET), Programa de Aprendizagem, Graduação e Pós-graduação da sucursal São Paulo. A premiação, realizada no dia 16 de novembro, tem como objetivo formar uma cultura empreendedora entre os alunos do Senac São Paulo, estimulando a difusão e aplicação dos conceitos de empreendedorismo de forma prática.

Desenvolvido pelos professores voluntários do curso de Educação de Jovens e Adultos, da Escola Lourenço Castanho, Sergio Yamasaki e Mariana Nazima, graduandos de pedagogia no Senac, QAula propõe a criação de uma plataforma on-line para a troca de práticas de ensino entre os professores da educação básica, que abrange a educação infantil e os ensinos fundamental e médio.

Durante o desenvolvimento do projeto, seus autores contaram com o importante apoio do Instituto Cultural Lourenço Castanho (Icloc), que forneceu dados e informações – em especial, sobre o Congresso Icloc de Práticas na Sala de Aula – para auxiliar na fase de estruturação do plano de negócios.

Como em uma rede social, QAula pretende promover os encontros virtuais, conectando o professor que precisa de algo ao que tem algo a oferecer. Atua, assim, com um propósito de impacto, a fim de formar uma numerosa comunidade de educadores conectados, elevar a qualidade das aulas nas escolas e consequentemente melhorar o aprendizado dos alunos.

Ao tornar esse compartilhamento possível, todo professor poderá ter acesso a melhores práticas de ensino. Em sua segunda graduação, o jornalista Sergio Yamasaki e a publicitária Mariana Nazima afirmam que disponibilizar boas práticas de ensino na rede pode ser a chave para elevar a qualidade das aulas e a aprendizagem dos alunos.

A rede de aprendizagem colaborativa QAula tem o objetivo de promover a construção do conhecimento horizontal entre pares, sustentado pela constatação de que “há centenas de exemplos de inovação, mas é preciso criar as condições para que essas práticas sejam compartilhadas”, como atestou o consultor educacional David Albury, em entrevista, em 2015, ao Portal G1: “Não é só uma questão de achar projetos bem-sucedidos, mas conectá-los para que se tornem ações mais poderosas de aprendizagem”.

Parabenizamos os professores voluntários do EJA Sergio Yamasaki e Mariana Nazima por mais essa importante conquista.